Rio

Procon Carioca notifica Aloha por deixar formandos sem festa

Órgão dá dicas para evitar outros golpes

A empresa de eventos Aloha foi notificada pelo Procon Carioca após cancelar festa de formatura sem aviso prévio. Nenhuma informação a respeito foi dada. Cerca de 1200 pessoas, entre 100 estudantes e seus convidados, estiveram presentes para uma celebração que não aconteceu. Formandos de oito turmas de uma faculdade de nutrição só foram informados sobre o cancelamento quando chegaram ao local, através de um comunicado na porta. O preço pago por cada aluno para a festa girava em torno de 3.500 reais.

Foram relatadas dificuldades em se comunicar com a Aloha. De acordo com a administração do local, a empresa não cumpriu com os termos em contrato, impossibilitando o evento. A Aloha foi procurada pelos que sofreram prejuízos e os que podem vir a ter em próximos eventos já contratados.

A notificação do Procon Carioca determina que a Aloha preste esclarecimentos, informando quantos consumidores foram atingidos; como será a restituição dos valores pagos e dos gastos decorrentes do evento; e quais as medidas para evitar prejuízos aos consumidores que ainda aguardam a realização da festa ou a rescisão do contrato.

O presidente do Procon Carioca, Benedito Alves, orienta o consumidor a evitar golpes como esse. “O primeiro passo é pesquisar a reputação da empresa. Hoje, com as redes sociais, é fácil detectar uma empresa que não atende bem os seus clientes. Outro ponto muito importante é verificar se a empresa disponibiliza um canal de comunicação e contato direto para os seus clientes. Além disto, é bom o consumidor acompanhar de perto, fazer contato com os fornecedores e com a casa de festa para saber se está tudo correndo bem”, alerta.

Com Assessoria do Procon Carioca