Rio

Witzel anuncia câmeras de reconhecimento facial no Maracanã e Santos Dumont

"Agora, quem tem mandado de prisão aberto, se entrar no Maracanã, não sai", disse

O governador do Rio de Janeiro Wilson Witzel informou na noite dessa quinta-feira (28), que ampliará o projeto-piloto de implementação de câmeras para reconhecimento facial no Estado. O político deu o recado por meio de suas redes sociais.

Dessa vez, serão instaladas 140 câmeras na capital do Estado. Entre os locais do teste, o governador destacou o Aeroporto Santos Dumont e o estádio do Maracanã. "Agora, quem tem mandado de prisão aberto, se entrar no Maracanã, não sai."

Macaque in the trees
O governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel fala à imprensa após reunião com secretariado no Palácio Guanabara. (Foto: Tomaz Silva | Agência Brasil)

O projeto-piloto já havia sido testado inicialmente no carnaval. Na ocasião, foram cumpridos oito mandados de prisão em dez dias de utilização da nova tecnologia.