Jornal do Brasil

Rio

Marielle: Coaf identifica depósito de R$ 100 mil na conta de Ronnie Lessa

Ministério Público pede bloqueio de bens

Jornal do Brasil

O Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) identificou um depósito de R$ 100 mil, em dinheiro, na conta do policial reformado Ronnie Lessa, denunciado pelo assassinato da vereadora Marielle Franco e de seu motorista Anderson Gomes. O Ministério Público pediu o bloqueio dos bens de Lessa e do ex-PM Élcio Queiroz, também preso pelo assassinato. O depósito foi feito na boca do caixa, no dia 9 de outubro de 2018, sete meses depois do crime.

A intenção do MP ao pedir o bloqueio foi de garantir a indenização por danos morais e materiais às famílias da vereadora e do motorista.

Macaque in the trees
Ronnie Lessa e Élcio Queiroz (Foto: Reprodução)

O Ministério Público ainda identificou uma lancha, apreendida em Angra dos Reis, em nome de uma pessoa que seria “laranja” de Ronnie Lessa, automóveis de luxo, e a casa dele, num condomínio de luxo na Barra. Advogado de Ronnie Lessa, Fernando Santana afirmou desconhecer esse depósito e disse que ainda vai conversar com seu cliente sobre o tema.