Rio

Câmeras de reconhecimento facial prendem quatro pessoas

As 28 câmeras de reconhecimento facial instaladas em Copacabana durante o carnaval levaram à cadeia quatro criminosos com mandado de prisão em aberto, segundo a Polícia Militar (PM). Para a corporação, o projeto piloto "passou no primeiro test drive" e o sistema de leitura facial e de placa de veículos"demonstrou alto grau de precisão".

Em nota, a PM informou ainda que um adolescente que deveria estar cumprindo medida socioeducativa foi reconhecido e apreendido, e que um veículo roubado foi recuperado ao ter a placa identificada.

O monitoramento se deu de 1º a 6 de março. Transmitidas em tempo real para uma sala no Centro Integrado de Comando e Controle (CICC), operada por policiais militares e civis, as imagens são captadas pelas câmeras. O sistema compara os rostos das pessoas filmadas com fotos de procurados e dispara um alarme quando encontra compatibilidade.

"Mais importante foi o aprendizado da equipe envolvida no projeto e a aplicabilidade do sistema.O software da OI só congelou a imagem e acionou o alarme quando as câmeras capturaram a fisionomia procurados pela Justiça ou a placa de veículo roubado ", diz o texto sobre o projeto, que ainda será testado neste fim de semana. (Com Agência Brasil).