Jornal do Brasil

Rio

Polícia cumpre mandados de busca e apreensão na sede da Ancine

Jornal do Brasil

A polícia cumpriu na manhã desta quarta-feira (19) mandados de busca e apreensão na sede da Agência Nacional do Cinema (Ancine), no Rio de Janeiro. Foram recolhidos computadores, HDs e livros contábeis incluindo seu presidente, Christian de Castro.

A ordem foi expedida pela juíza Adriana Alves dos Santos Cruz, da 5a Vara Federal Criminal do Rio. O inquérito corre em sigilo.

Por meio de nota, a Ancine afirmou que "ainda não foi informada sobre o motivo da investigação".

O Ministério da Cultura também divulgou nota afirmando que '"até o momento não está a par de detalhes da operação".

 

Confira a nota na íntegra:

Em relação à operação de busca e apreensão realizada nesta quarta-feira (19) pela Polícia Federal em dependências da Agência Nacional de Cinema, no Rio de Janeiro, o Ministério da Cultura (MinC) informa que: 

1) Está à disposição da Polícia Federal e da Justiça para compartilhar informações e contribuir com a investigação. 

2) Até o momento não está a par de detalhes da operação. Assim que notificado oficialmente, tomará as medidas cabíveis na esfera administrativa. 

3) Reitera seu compromisso com a ética, a integridade e a transparência na administração pública.