Com 108 servidores contaminados desde início da pandemia, Planalto diz que segue orientações de saúde

Após o presidente Jair Bolsonaro anunciar estar contaminado com a Covid-19 e diante de questionamentos, a Secretaria-Geral da Presidência da República disse nesta terça-feira que vem tomando medidas para tornar o ambiente de trabalho “o mais seguro possível” para os servidores e informou que 108 funcionários testaram positivo para a nova doença desde o início da pandemia.

Em nota, “a Secretaria-Geral da Presidência da República ressalta que adota as medidas recomendadas ao enfrentamento do novo coronavírus, de modo a assegurar que o ambiente de trabalho na Presidência da República esteja sempre o mais seguro possível para todos os servidores”.

Dos 3.400 servidores da Presidência da República, até o dia 3 de julho, havia 108 casos positivos para Covid-19, o equivalente a 3,8% do quadro. Ainda segundo a nota, 77 deles já são considerados recuperados, enquanto 31 estão em acompanhamento. De acordo com a secretaria mais de 90% não apresentaram sintomas.(Com agência Reuters)

 

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Saiba mais