'Forbes': Brasil ainda é uma confusão 

Artigo de Kenneth Rapoza diz que somente os mais otimistas vêem luz no fim do túnel

Nesta quarta-feira (25) o site da Forbes traz um texto do jornalista Kenneth Rapoza, consultor de investimentos que dedica-se principalmente em analisar o Brasil pré e pós Lula, onde diz logo início que o "país está na lama, bem no fundo do poço. 

O artigo aponta que o país é uma bagunça. Rapoza fala que após sete anos sem ir a São Paulo, pode dizer que a cidade não é nada comparada com o que era 2010, quando ele ainda morava lá. Ele avalia que está muito pior. Partindo do princípio de que São Paulo é um microcosmo do cenário econômico brasileiro, a visão parece sombria. 

O analista afirma que pode se ver claramente os impactos da recessão de dois anos em todos os lugares e não apenas no pólo econômico do Brasil, e acrescenta que a crise pode ser vista com clareza também em Londrina e Curitiba, duas das maiores cidades do estado do Paraná. As lojas estão fechadas ou vazias, assim como os edifícios, descreve o autor. 

> > Forbes Brazil Is Still A Complete Mess

Rapoza avalia que o fim do super ciclo de commodities que levantou o Brasil de 2000-2010 terminou. "Ao mesmo tempo, os EUA e a Europa introduziram novas técnicas de bancos centrais que deixaram o Brasil como último destino de investimentos. Em seguida, o governo de esquerda de Dilma Rousseff foi pego em um escândalo de corrupção maciço envolvendo a Petrobras, a empresa mais importante do país. A ação da Petrobras caiu cerca de 80%. As pessoas perderam seus empregos. O desemprego passou de 4,5% em 2010 para quase 12% hoje. Executivos foram para a prisão. Dilma foi acusada".