FAB encontra gravador de voz de avião que caiu com Teori

O aparelho agora passará por uma perícia detalhada

A Força Aérea Brasileira (FAB) anunciou nesta sexta-feira (20) que encontrou um gravador de voz nos destroços do avião que caiu nesta quinta-feira (19), em Paraty, matando o ministro do Superior Tribunal Federal (STF) Teori Zavascki e mais quatro pessoas.

De acordo com a FAB, que confirmou que a aeronave, um bimotor Beechcraft C90GT King Air, tinha o aparelho a bordo, o gravador foi retirado da água no início da tarde desta sexta-feira.

Agora, o instrumento será alvo de uma perícia detalhada que investigará se ele sofreu danos com a queda, se estava ligado durante o voo e, se sim, quais foram as conversas gravadas no dia.

Ainda não há informações sobre a existência de uma caixa-preta no avião já que, segundo a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), uma aeronave como a do acidente não precisa ter esse equipamento nem um gravador de voz para operar. 

De acordo com o Centro de Comunicação Social da Aeronáutica (Cecomsaer), as primeiras etapas das investigações começaram nesta sexta com o Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa), que está coletando dados no local da queda para descobrir a causa do acidente. Além disso, a Polícia Federal e o Ministério Público Federal (MPF) também irão investigar a queda.

>> Relembre a atuação de Teori na relatoria da Lava Jato

>> Mãe e filha estavam em avião de empresário que caiu em Paraty

>> Teori Zavascki morre em queda de avião, em Paraty

>> Associação dos Juízes Federais cobra investigação

>> Acordo entre Temer e STF pode escolher novo relator

>> Políticos e juízes lamentam a morte de ministro

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Saiba mais