Datafolha: Maioria dos brasileiros reprova PEC do Teto de Gastos

Pesquisa Datafolha indica que a maioria dos brasileiros é contra a aprovação da proposta de emenda constitucional (PEC) que estabelece um teto para os gastos públicos pelos próximos 20 anos. Dos 2.828 brasileiros entrevistados nos dias 7 e 8 de dezembro, 60% se disseram contra a aprovação da emenda. 

A PEC 55 deve ser votada em segundo turno nesta terça-feira (13) no Senado.

A proposta tem apoio de 24% da população e a indiferença de 4%. Os outros 19% afirmaram não saber como responder.

Para 62% dos brasileiros, a emenda trará mais prejuízos do que benefícios, contra 19% que pensam o contrário. Em relação aos recursos públicos, 53% acredita que eles são suficientes, mas mal aplicados, e 36% dizem que são mal utilizados e também insuficientes. 

A reprovação à emenda que congela os gastos é maior entre os que têm ensino superior, 68% a rejeitam, contra 51% daqueles que possuem só ensino fundamental. Entre os mais jovens, de 16 a 24 anos, 65% são contra a medida, enquanto 47% dos maiores de 60 anos também se colocam contrários. 

Em relação a faixa de renda, 60% dos que recebem até dois salários mínimos (R$ 1.670) são contra a PEC, e 62% dos que ganham entre dois e cinco salários mínimos (até R$ 4.400). Entre os mais ricos, com mais de cinco salários mínimos (a partir de R$ 5.280), é maior a aprovação à PEC, 35%, contra 20% da população com até dois salários.

Questionados sobre áreas específicas, 50% acreditam que a saúde e a segurança devem piorar caso a PEC seja aprovada, 51% acham que a educação sofrerá com a aprovação e 47% que o transporte público e saneamento também.