Aécio Neves pediu dinheiro a Odebrecht para Agripino, afirma revista

Segundo reportagem da revista Veja, o ex-diretor de Relações Institucionais da Odebrecht, Cláudio Melo Filho, em delação aos procuradores da Lava Jato, afirmou que o senador Aécio Neves, presidente do PSDB, teria pedido a Marcelo Odebrecht, em 2014, que desse uma ajuda financeira ao presidente do DEM, senador José Agripino Maia, o “Gripado”.

O pedido teria sido aceito, e Maia, apoiador da campanha presidencial de Aécio, teria recebido 1 milhão de reais.

Nas próximas semanas, ainda segundo a revista, Melo Filho e os outros 76 executivos da Odebrecht que assinaram acordo de delação prestarão novos depoimentos. Nomes como o do ex-presidente Lula, do chanceler José Serra e do governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, ainda devem ser citados.