Após polêmica com imagem que lembra suástica, ministério coloca nova peça no ar

Após a repercussão ruim com a polêmica peça publicitária publicada nesta quinta, o Ministério Público retirou a imagem das redes sociais e a substituiu na tarde desta sexta (9).

A peça anterior lembrava uma suástica, o ícone nazista, o que teria sido o motivo para sua retirada do ar, após a repercussão negativa. No entanto, a nova imagem também não fugiu das críticas do usuários do Facebook. 

A intenção de ambas as publicações foi apresentar o Código de Conduta Ética dos agentes públicos do ministério. O código serviria para orientar sobre o uso das redes sociais pelos funcionários da instituição. A iniciativa é parte do Programa de Integridade do ministério, lançado em maio deste ano.

Nos comentários da publicação original, o ministério se justificou:

“O Ministério do Planejamento esclarece que a imagem é uma alusão a um cata-vento para representar a sinergia e a integração institucional, símbolo que representa o aproveitamento dos ventos para produzir energia, por exemplo. No nosso caso, o cata-vento foi utilizado com a intenção de demonstrar que estamos seguindo, em constante movimento e evolução, de forma colaborativa para a construção de um ambiente cada vez mais íntegro e honrado na Administração Pública. O objetivo é estimular a conduta ética entre e pelos servidores e colaboradores do órgão no relacionamento com o público, no ambiente de trabalho, na execução das atividades e na participação em eventos externos. Não tivemos a intenção de fazer referência ao símbolo do antigo Partido Nacional Socialista dos Trabalhadores Alemães e pedimos desculpas a quem se sentiu ofendido.”

Veja a peça original e sua repercussão abaixo :