Ministro Marco Aurélio cobra Câmara sobre instalação da comissão do impeachment de Temer

O ministro Marco Aurélio Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF), cobrou a Câmara dos Deputados sobre a demora da Casa para instalar uma comissão para analisar um pedido de impeachment do presidente Michel Temer, apresentado por um advogado em dezembro de 2015.

Em abril, o ministro concedeu uma liminar determinando que Eduardo Cunha, então presidente da Casa, instalasse uma comissão especial para cuidar da Casa para analisar o caso, assim como foi feito no processo de impeachment de Dilma Rousseff.

Os líderes da base aliada ignoraram a ordem judicial de Marco Aurélio Mello e não indicaram integrantes para a comissão, que acabou não saindo do papel até hoje.