Preso pela Lava Jato, ex-assessor de Palocci teria tentado suicídio

O ex-assessor do ex-ministro Antonio Palocci na Casa Civil, Branislav Kontic, teria tentado suicídio na última sexta-feira, de acordo com informações do colunista Lauro Jardim.

Branislav Kontico foi preso há dez dias, na 35ª fase da Operação Lava Jato.

De acordo com o colunista, Kontic teria ingerido 40 comprimidos de um medicamento ainda na sede da PF em Curitiba. Transferido para o Complexo Médico Penal (CMP) em Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba, Kontic teria começado a passar mal. De acordo com Lauro Jardim, ele teve que ser levado a um hospital ainda na sexta-feira. Na segunda-feira, porém, teria se recuperado e voltado para o CMP.

Na sexta-feira, dia 30, o juiz Sérgio Moro converteu a prisão de Branislav Kontico de temporária para preventiva. No mesmo dia ele teria tomado os comprimidos. Ele e Palocci são acusados pela força-tarefa da Lava Jato de agir em favor da Odebrecht, intermediando o pagamento de propinas.

>> Veja a nota na íntegra

Leia também

>> Palocci teria US$ 348 milhões em conta em Miami

>> Ministro do STJ nega pedido de liberdade a Palocci e ex-assessor