Em seu 1º pronunciamento, Marcela Temer diz que atuará para melhorar 'vida das pessoas'

Primeira-dama participou do lançamento do programa "Criança Feliz"

A primeira-dama Marcela Temer participou, nesta quarta-feira (5), no Palácio do Planalto, do lançamento do programa Criança Feliz, do qual será embaixadora. Ela fez seu primeiro discurso como primeira-dama, que durou três minutos, e afirmou que seu trabalho será "sensibilizar" a sociedade para ações que possam "melhorar a vida das pessoas". Marcela destacou ainda que trabalhará de forma voluntária. O Criança Feliz terá como alvo crianças pobres do Bolsa Família.

"Quem ajuda aos outros, muda a historia de vida. Por isso, fico feliz em colaborar em causas sociais do pais. Cada brasileiro, desde a gestação, importa para o desenvolvimento do Brasil. Nossas responsabilidades aumentam a cada dia e os desafios também. Meu trabalho será voluntário para mobilizar e sensibilizar a sociedade em torno de ações para melhoria na vida das pessoas", disse Marcela Temer. 

>> Governo lança programa para acompanhar desenvolvimento infantil até os 3 anos

A primeira-dama falou ainda sobre a primeira infância. "Cercada de carinho e cuidados específicos desde a gravidez uma criança terá mais possibilidades de aprendizado quando chegar à escola. Os cuidados na primeira infância, por exemplo, ajudam a inibir o comportamento agressivo e violento na adolescência. Dessa forma, esse adolescente se tornará um adulto mais preparado para a vida."

Marcela concluiu: "O programa Criança Feliz, na sua plenitude, atenderá ao longo do tempo milhões de pequenos e pequenas que já são atendidos pelo programa Bolsa Família. É isso que o Brasil espera de nós: compromisso no presente para que o futuro de todos seja melhor."

O programa é coordenado pelo Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário (MDS) e terá um aporte inicial de R$ 300 milhões. A iniciativa, de acordo com o governo, terá o objetivo de fortalecer políticas públicas para a primeira infância.