STF envia para Justiça do Rio inquérito sobre Cunha em Furnas

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF),  Dias Toffoli, determinou a transferência para a Justiça do Rio de Janeiro de um inquérito que apura a atuação do ex-deputado federal Eduardo Cunha (PMDB-RJ) na usina de Furnas. Agora, dos sete inquéritos sobre Cunha que estavam no STF, quatro já foram remetidos a outros tribunais. 

"Remetam-se os autos ao Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, para posterior encaminhamento ao juízo de primeiro grau competente, observada eventual prevenção", decidiu Toffoli.

A investigação tem como base a delação premiada do ex-senador Delcídio do Amaral, que apontou relação de Eduardo Cunha com dirigentes de Furnas e atuação em benefício do doleiro Lúcio Funaro, preso em julho. Funaro, Cunha e outras três pessoas foram denunciados por suspeita de fraudes no Fundo de Investimento do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço, o FI-FGTS, administrado pela Caixa Econômica Federal.