'Clarín': Lula será candidato a presidente em 2018

Reportagem afirma que ex-presidente disse que vai "continuar a lutar" pelo Brasil 

Matéria publicada pelo jornal argentino Clarín nesta quarta-feira (28) conta que o ex-presidente do Brasil, Luis Inácio Lula da Silva anunciou que vai tentar voltar ao poder em 2018, durante discurso onde negou acusações de corrupção contra ele dizendo que trata-se de uma perseguição. 

O Clarín relata que o popular líder político do Partido dos Trabalhadores (PT) participou de um comício no Rio de Janeiro em apoio a candidata Jandira Feghali, que está concorrendo ás eleições municipais deste domingo (2).

O jornal argentino comenta que devido a concentração de ativistas entusiasmados parecia mais uma campanha de Lula para a eleição presidencial de 2018.

Em seu discurso de meia hora, ele se dedicou a destacar a realização dos programas sociais de seus dois governos (2003-2010), especialmente a redução da pobreza e expansão do ensino, acrescenta o Clarín. O pequeno mas entusiasmado grupo se reuniu em frente de uma igreja na zona oeste do Rio animou o ex-presidente de 70 anos.

O Clarín observa em seu texto que um julgamento poderia terminar com a expectativa de Lula em se candidatar em 2018.