Corpos de brasileiras mortas em Portugal são achados no fundo de um poço

O principal suspeito é Dinai Alves Mendes, amante de Michelle

Os corpos de Michelle Santana Ferreira, 28 anos; da irmã dela, Lidiana Neves Santana, 16; e de Thayane Mendes Dias, 21, namorada de Lidiana, que tinham sido dadas como desaparecidas, desde fevereiro, foram encontrados no fundo de um poço de hotel para cães em Tires. Michelle estava grávida de três meses.

Os cadáveres foram recuperados em estado avançado de decomposição. Dinai Alves Mendes, amante de Michelle, é o principal suspeito dos três assassinatos. A polícia acredita que a chegada a Portugal da ex-mulher de Dinai o deixou em pânico, pois mantinha o relacionamento em segredo.

Ele trabalhava no hotel em cujo tanque os corpos estavam e pouco depois do desaparecimento das mulheres, Dinai despediu-se do hotel para cães que trabalhava há dez anos e voltou para o Brasil, onde voltou a morar com a mulher com quem era casado e com quem tinha dois filhos. Para as famílias das três mulheres, ele disse que tinham ido morar na Inglaterra, mas não havia registro nem da saída delas de Portugal, nem da entrada no Reino Unido.

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Saiba mais