Valadares defende impeachment e reforma política

Em discurso na sessão desta quarta-feira (11), o senador Antonio Carlos Valadares (PSB-SE) defendeu o impeachment da presidente Dilma Rousseff. Segundo o senador, a denúncia demonstra os indícios de ilegalidades praticadas pela presidente. O senador reconheceu os avanços do governo Lula (2003-2010), mas fez críticas à gestão de Dilma. Ele acrescentou que o PSB vem mantendo coerência em todo o processo de afastamento de Dilma, pois vinha fazendo críticas ao governo desde o fim do primeiro mandato da presidente.

— O PSB sempre agiu e continuará agindo com responsabilidade. Nosso partido vai trabalhar para que esse processo seja conduzido com respeito aos princípios constitucionais — declarou.

O senador também disse que a grave crise de hoje decorre da desorganização do sistema político brasileiro. Ele defendeu a reforma política e lamentou os “ânimos exaltados” do momento. Valadares ainda sugeriu a implantação do recall, recurso em que os próprios eleitores podem retirar o mandato de um político. Para o senador, o presidencialismo de coalizão está falido. Em sua opinião, o parlamentarismo ou o semi-presidencialismo poderiam ter evitado o agravamento da atual crise política.