'Le Monde': Foi anulada a votação de impeachment contra Dilma Rousseff 

O jornal francês Le Monde publicou nesta segunda-feira (9) a notícia sobre a anulação do processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff.

Segundo a reportagem, o presidente interino da Câmara, Waldir Maranhão (PP-MA), assinou uma decisão nesta segunda-feira (9) para anular a tramitação do impeachment da presidente Dilma Rousseff na Casa. 

O jornal francês conta que o principal argumento para invalidar a sessão é que os partidos não poderiam ter fechado questão ou dado orientação em relação ao voto dos parlamentares, uma vez que, segundo o presidente interino, "os parlamentares deveriam votar de acordo com suas convicções pessoais e livremente". 

De acordo com o texto do Le Monde, o deputado também diz que o fato de os deputados terem anunciado publicamente seus votos caracteriza pré-julgamento e clara ofensa ao amplo direito de defesa consagrado na Constituição.

Para ler matéria na íntegra, clique aqui:

https://www.lemonde.fr/ameriques/article/2016/05/09/bresil-annulation-du-vote-des-deputes-sur-la-destitution-de-dilma-rousseff_4916232_3222.html?xtmc=bresil&xtcr=1

Leia Também a repercussão da decisão do deputado Waldir Maranhão nestes veículos internacionais:

> The New York Times

> The Wall Street Journal

> Les Echos 

> The Guardian 

> Le Figaro

> El País

> BBC UK