'WSJ': Brasil inicia processo de impeachment contra vice-presidente Michel Temer

Congresso abre investigação sobre as mesmas acusações que recorrem a presidente Dilma 

Matéria publicada nesta quarta-feira (6) no The Wall Street Journal, conta que um juiz Brasil Supremo Tribunal decidiu que o Congresso deve abrir um processo de impeachment contra o vice-presidente Michel Temer alegando que  ele ajudou a esconder o déficit orçamental do país, levantando a possibilidade de que os dois políticos mais poderosos do país podem ser depostos.

Segundo a reportagem, a decisão judicial de terça-feira (5) ainda deve ser confirmada pelo Supremo Tribunal Federal, mas já deixa no ar a questão de quem iria assumir a posição da presidente Dilma Rousseff, que está lutando para evitar o seu próprio impeachment. Ela enfrenta alegações, de que usou truques de contabilidade para mascarar um déficit orçamentário crescente. Esses processos estão em andamento e podem culminar na obrigação de Dilma em deixar seu cargo dentro de algumas semanas.

O jornal americano destaca que Temer seria o próximo na fila a assumir a presidência durante o julgamento do Senado e terminaria o mandato de Dilma se ela perdesse a luta contra o impeachment. Mas ele agora pode enfrentar as mesmas acusações de contabilidade duvidosa, feitas a Dilma.

Um porta-voz de Michel Temer disse que as alegações de que o vice-presidente violou as leis de responsabilidade financeira do país já estão arquivadas pelo Tribunal de Contas da União.

Pouco antes do envio de pedido de impeachment a Temer, ele inesperadamente renunciou a liderança do PMDB, o maior partido político do Brasil. Ele não deu nenhuma explicação sobre o assunto.

"O impacto político é bastante favorável ao governo porque há dúvidas sobre a estabilidade de um eventual governo Temer", disse Thomaz Favaro, analista político de controle de riscos em São Paulo.

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Saiba mais