Marina Silva: "Pessoas boas existem em todos os partidos"

Ex-senadora apresentou bancada da Rede Sustentabilidade nesta quinta-feira

A ex-senadora Marina Silva participou, nesta quinta-feira (8), de evento na Câmara dos Deputados para apresentar os parlamentares da Rede Sustentabilidade, partido que recebeu registro do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) há duas semanas.

A líder do novo partido evitou julgamentos tanto sobre o relatório do TCU que condena as contas do governo em relação ao ano de 2014, quanto em relação aos pedidos de renúncia do presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), por manter contas secretas na Suíça e estar sendo investigado por corrupção e lavagem de dinheiro pela operação Lava Jato.

Marina afirmou apenas que o partido analisará os casos. A ex-senadora defendeu não é hora de se aproveitar da crise, como vêm fazendo alguns partidos, mas "ajudar a resolvê-la". "Não é hora de conquistar popularidade, mas de recuperar a credibilidade. E nem de instrumentalizar a crise, mas de ajudar a resolvê-la".

Ecoando seu discurso da campanha de 2014 ao Planalto, em que dizia que faria um governo com os melhores de cada partido, a ex-senadora fez questão de não condenar as legendas existentes no Congresso. "A Rede nasce com uma bancada que testemunha na prática o que nós já dizíamos: que pessoas boas existem em todos os partidos".

Por Eduardo Miranda