O Boticário: propaganda "Casais", com gays, continua gerando polêmica

A propaganda do Dia dos Namorados do Boticário continua gerando polêmica nas redes sociais. No vídeo intitulado "Casais", homossexuais e heterossexuais são mostrados trocando presentes. Campanhas de boicotes começaram a surgir nas redes para negativar o vídeo no YouTube que conta atualmente com 1.905.296 de visualizações e 168,407 votos negativos contra 280.092 positivos.

Desde o dia 25 de maio até o dia 1º de junho o Reclame Aqui contabilizou 90 reclamações, sendo dessas 84 contra e 6 a favor. Houve também a abertura de um processo de julgamento por conta das mais de 20 reclamações recebidas pelo ao Conar (Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária). Algumas pessoas consideram a propaganda como desrespeitosa à sociedade e à família". Não há data para o julgamento.

O pastor evangélico Silas Malafaia também participou da discussão, publicando um vídeo em seu canal no YouTube afirmando que não concorda com o anúncio, dizendo que seria uma "promoção do homossexualismo". Ele justificou seu discurso informando que o estado democrático de direito permite a diferença de opiniões. "Se estamos na democracia para todos pensarmos a mesma coisa é uma ditadura de opinião. Eu sou contra, é um direito meu, e estou aqui para dizer para pessoas que acreditam na família, que é milenar, o homem, mulher e sua prole, que eles querem mudar o paradigma da humanidade. Eu tenho o direito de preservar a família, macho e fêmea, porque essa é a história da civilização humana." Ele convocou ainda o que chamou de "pessoas de bem" para boicotarem a empresa, afirmando que eles "podem vender perfume para gay". 

Confira a propaganda abaixo:

O Boticário informou que o comercial é uma defesa do amor. Confira a nota oficial da empresa. 

"O Boticário esclarece que acredita na beleza das relações, presente em toda sua comunicação. A proposta da campanha “Casais”, que estreou na TV aberta no dia 24 de maio, é abordar, com respeito e sensibilidade, a ressonância atual sobre as mais diferentes formas de amor - independentemente de idade, raça, gênero ou orientação sexual - representadas pelo prazer em presentear a pessoa amada no Dia dos Namorados. O Boticário reitera, ainda, que valoriza a tolerância e respeita a diversidade de escolhas e pontos de vista.”