Reforma política: deputados rejeitam doação de pessoa física a partidos

Também foi rejeitado o financiamento exclusivamente público de campanhas

O Plenário da Câmara dos Deputados rejeitou, por 240 votos a 163 e 66 abstenções, emenda da deputada Jandira Feghali (PCdoB-RJ) à proposta da reforma política (PEC 182/07) que previa a doação de pessoas físicas aos partidos políticos, segundo limites que seriam definidos em lei. Além disso, a emenda reforçava o acesso a recursos públicos.

Também foi rejeitada, por 343 votos a 56 e 58 abstenções, a emenda do deputado Leonardo Picciani (PMDB-RJ) à proposta da reforma política (PEC 182/07) que previa o financiamento exclusivo de campanhas com recursos públicos.