Aeronáutica comenta acidente com avião que matou Eduardo Campos

O Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aéreos (Cenipa) está apresentando nesta segunda-feira os dados coletados até o momento na investigação do acidente aéreo que matou sete pessoas em agosto de 2014, entre elas, o ex-candidato à Presidência da República, Eduardo Campos.

O Cenipa esclareceu que a investigação não tem o objetivo de apontar culpados, mas sim identificar as causas para a prevenção de futuros acidentes.

A apresentação é feita pelo brigadeiro-do-ar Dilton José Schuck.

Segundo o Cenipa, as investigações mostram que o avião em que viajava Eduardo Campos não colidiu com aves ou quaisquer outros objetos. Também não houve incêndio na aeronave antes da queda, em Santos, no litoral paulista.