CPI para apurar abusos sexuais nas faculdades de SP é instalada na Alesp

Uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) foi instalada nesta quarta-feira (26) na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (Alesp), para apurar denúncias de estupros, racismo, sexismo e trotes violentos nas faculdades do estado de São Paulo.

A CPI foi protocolada no dia anterior pelo deputado e presidente da Comissão de Direitos Humanos da casa, Adriano Diogo (PT), com 39 assinaturas - sete a mais que o necessário. No entanto, se seguisse o trâmite normal da Alesp, a CPI poderia ser instalada somente em 2016. Hoje, um acordo entre os líderes partidários possibilitou que a comissão fosse instalada imediatamente. Três CPIs que antecederiam a dos abusos nas faculdades foram retiradas.

A CPI foi motivada principalmente por relatos trazidos por estudantes – em audiência pública feita na Assembleia pela Comissão de Direitos Humanos, no último dia 11 – de estupros, racismo, sexismo e trotes violen