Armando Monteiro será o ministro do Desenvolvimento

Senadora Kátia Abreu foi convidada para o Ministério da Agricultura

O senador Armando Monteiro será o novo ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior no segundo mandato da presidente Dilma Rousseff. Monteiro, de 62 anos, está em seu primeiro mandato no Senado, que assumiu em 2011. Antes, ele foi deputado federal duas vezes e presidiu a Confederação Nacional da Indústria (CNI) de 2002 a 2010.

O PTB, partido de Monteiro, não esteve na coligação que ajudou Dilma a se reeleger na eleição deste ano.

Monteiro tentou sem sucesso se eleger ao governo de Pernambuco com o apoio do PT em outubro, mas foi derrotado ainda no primeiro turno por Paulo Câmara (PSB), afilhado político do falecido ex-governador Eduardo Campos.

Hoje ele foi recebido no Palácio da Alvorada e aceitou o convite de Dilma. Antes, o nome cotado para o Desenvolvimento era o de Josué Alencar, filho do ex-vice-presidente José Alencar.

E a senadora Kátia Abreu (PMDB-TO) foi convidada pela presidente Dilma Rousseff para ser a futura ministra da Agricultura. Presidente da Confederação Nacional da Agricultura (CNA), ela já deu o sinal verde, segundo fontes do Planalto. Segundo as mesmas fontes, Dilma deu carta branca para Kátia Abreu montar a nova equipe.