Em rede de rádio e TV, Alves avalia os 25 anos da Constituição

O presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), fez um pronunciamento em rede nacional de rádio e televisão nesta sexta-feira sobre os 25 anos da Constituição de 1988. No pronunciamento de cinco minutos, Henrique Alves avaliou o impacto da Constituição na vida dos brasileiros desde 1988. Ele lembrou que o texto constitucional, promulgado em 5 de outubro daquele ano, reduziu as desigualdades, trouxe liberdade e democracia e transformou a economia. 

Ele fez uma comparação entre as reivindicações da sociedade em 1988, muitas das quais incluídas no texto constitucional, e as feitas nas manifestações populares deste ano.

O presidente explicou que o princípio de priorizar as aspirações populares no trabalho legislativo, que norteou a elaboração do texto em 88, continua como o objetivo central da atividade legislativa e parlamentar.

Henrique Alves lembrou que, em 2013, grande parte das reivindicações apresentadas nas ruas foram objeto de propostas aprovadas na Câmara, como a desoneração do transporte público, a modernização dos portos e a destinação dos royalties do pré-sal para a saúde e a educação.

Na agenda política, ele citou os esforços para consolidar a autonomia e a independência do Legislativo, como a aprovação do orçamento impositivo e a adoção de novas regras para votação de vetos e de medidas provisórias. O parlamentar destacou ainda a aprovação do fim do voto secreto nas deliberações da Câmara.