Dilma: Forças Armadas são fundamentais para política externa pacífica

Durante cerimônia de apresentação de novos oficiais-generais, realizada nesta quinta-feira (8) no Palácio do Planalto, a presidente Dilma Rousseff destacou a participação das Forças Armadas em missões estratégicas no cenário internacional e em eventos de grande porte no Brasil, como a Copa das Confederações e a Jornada Mundial da Juventude. Para a presidente, a sociedade brasileira confia nos militares para garantir a soberania nacional.

"As Forças Armadas brasileiras são elemento fundamental para o êxito da nossa política externa pacífica, por meio da relação de confiança mútua que é estabelecida com os países com os quais nos relacionamos. A cooperação militar que temos com os nossos vizinhos sul-americanos é a base para a manutenção do ambiente de paz e segurança existente hoje na América do Sul", afirmou a presidente.

Dilma destacou a participação militar brasileira na Missão de Paz da Organização das Nações Unidas (ONU) no Haiti, desde 2004, e na República Democrática do Congo. Ressaltou também a cooperação militar existente hoje na América do Sul e elogiou as ações de segurança executadas pelas Forças Armadas durante a Copa das Confederações e na visita do papa Francisco, na Jornada Mundial da Juventude.

"Aproveito para parabenizar todos os membros das Forças Armadas pela exitosa participação nas ações de segurança realizadas durante a Copa das Confederações e na visita do papa, durante a Jornada Mundial da Juventude. Muito nos conforta saber que o Brasil poderá contar, em todos os grandes eventos internacionais que sediaremos nos próximos anos, com o trabalho de nossas Forças militares, em parceria com as Forças civis de segurança", afirmou.