Senador Cristovam Buarque pede o fim dos partidos políticos

O senador Cristovam Buarque (PDT) afirmou em sua contra no Twitter que defendeu nesta sexta-feira na bancada do Senado a abolição dos partidos políticos brasileiros. "Acabo de defender no Senado a abolição de todos os atuais partidos políticos oficiais", afirmou o senador.  "Povo tem razão:atuais partidos fracassaram". 

Após usuários da rede social o criticarem, chegando a chamá-lo de golpista, Buarque se defendeu afirmando que estava do lado das manifestações. "Eu e 2 milh?es endoidamos: imagine,achar que os atuais partidos oficiais estão ruins!", disse. 

"Nunca pensei que os partidos tivessem tantos defensores.Só apanhei e MUITO por dizer que os atuais partidos precisam ser abolidos".

Mais tarde, ele tentou justificar sua posição afirmando que não é contra partidos, mas sim contra a estrutura partidária atual. "A democracia precisa de partidos, para isso precisamos substituir atuais clubes eleitorais", disse Buarque, deixando uma pergunta para os seus seguidores. "Partidos rechaçados pelo povo merecem receber dinheiro do povo, fundo partidário e tempo de TV,ou serem refundados?"