Tá nas redes: após manifestação nesta segunda, SP marca outra para hoje

A quinta manifestação contra o aumento das passagens em São Paulo, ocorrida nesta segunda e que levou mais de 100 mil manifestantes ao Largo da Batata, realmente motivou os paulistanos. Já há outra manifestação marcada para esta terça-feira, às 17h, na Praça da Sé, com mais de 140 mil pessoas confirmadas nas redes sociais.

Os manifestantes se reuniram com o prefeito de São Paulo, Fernando Haddad(PT), na manhã desta terça-feira. Em nota divulgada na página do Passe Livre em São Paulo, que organiza o movimento em São Paulo, o movimento afirma que:

"O prefeito fez diversos apontamentos e justificou que não é possível revogar o aumento da tarifa por motivos técnicos. Contudo, os aumentos de tarifa não se tratam de uma questão técnica, mas política, como provam os diversos lugares em que a pressão popular conseguiu os reverter. Mesmo com a presença surpresa do prefeito, essa conversa não tinha o poder de negociar a revogação do aumento. O MPL vem a público reforçar a necessidade de estabelecer um espaço de negociação sobre a pauta única das manifestações-  a revogação do aumento", divulgou o movimento.