Feliciano deleta fotos do Instagram e desabafa no Twitter

O presidente da Comissão de Direitos Humanos (CDH) da Câmara dos Deputados, o deputado federal Pastor Marco Feliciano (PSC-SP) deletou as imagens que tinha em seu perfil no Instagram, rede social de compartilhamento de imagens. O pastor anunciou a decisão em seu Twitter, onde também publicou outras mensagens de desabafo contra os protestos que vem sofrendo desde que assumiu a presidência da CDH.

“Aos amigos do Instagram peço desculpas, mas fui obrigado a retirar as fotos, pois não há limites para a crueldade das pessoas em seus recados”, disse o pastor em seu perfil no Twitter.

>> Boneco Judas representando Feliciano é pendurado em frente ao Congresso Nacional

Em meio a mensagens de agradecimento ao apoio que vem recebendo de alguns grupos e também usuários de redes sociais, Feliciano agradeceu também a seus críticos. Segundo o pastor, sem as críticas ele não sofreria. “Ao sofrer eu oro e choro e quando choro Ele me conforta”, escreveu o deputado.

O pastor também compartilhou mensagens de usuários do Twitter que o apoiaram e fez um elogio nominal ao deputado João Campos (PSDB-GO), que preside a Frente Parlamentar Evangélica, e a pastores como Abner Ferreira, presidente da Assembleia de Deus em Madureira (RJ) e Silas Malafaia, presidente da Assembleia de Deus Vitória em Cristo.

“Agradecer tbem a Frente Parlamentar Evangélica na pessoa do presidente @depjoaocampos que na ultima semana fez uma linda defesa sobre mim”, afirmou Feliciano.