Ex-juiz Nicolau dos Santos Neto é levado a prisão em São Paulo  

O ex-juiz do Trabalho Nicolau dos Santos Neto, 84 anos, foi levado à carceragem da Polícia Federal, na zona oeste de São Paulo, às 21h20 de segunda-feira. Ontem, o Tribunal Regional Federal da 3ª Região (TRF3) divulgou a decisão de suspender a prisão domiciliar preventiva do ex-magistrado. Ele responde a vários processos por participar do desvio de mais de R$ 170 milhões na construção do Fórum Trabalhista da capital paulista, na década de 1990.

Com a decisão da Quinta Turma do TRF3, Nicolau terá que cumprir a prisão na cadeia. A detenção é preventiva porque ainda há recursos à condenação em análise. Os integrantes da Quinta Turma acompanharam voto do relator, desembargador federal Luiz Stefanini, que atendeu ao pedido do Ministério Público Federal.

O réu foi condenado a 26 anos e meio de prisão pelos crimes de peculato, estelionato e corrupção. O Tribunal Regional Federal da 3ª Região também condenou o ex-juiz a pagar uma multa de R$ 1,2 milhão.