Padilha diz que 75 feridos em incêndio seguem internados em estado crítico

Ao todo, 118 vítimas permanecem internadas

O ministro da Saúde, Alexandre Padilha, disse na manhã desta terça-feira que  75 vítimas do incêndio na Boate Kiss, em Santa Maria (RS), estão em estado crítico, com risco de óbito, e são a prioridade número um. Há 65 pacientes internados nos hospitais de Santa Maria, destes 27 estão com ventilação mecânica, com risco de morte, e 53 internados em Porto Alegre. Ao todo, 118 vítimas permanecem hospitalizadas.

O ministro ressaltou que nas últimas 24 horas não houve qualquer registro de óbito e que, desde a ocorrência no centro do Estado, mais de 400 atendimentos hospitalares já foram realizados em Santa Maria. 

Após o remanejamento de pacientes para a capital, Padilha destacou que 30 leitos de UTI estão vagos e estruturados para receber novas demandas. Além disso, há cerca de 50 profissionais de outros estados, e 60 ventiladores mecânicos foram deslocados para dar suporte ao atendimento em Santa Maria e em Porto Alegre.

Entre as demais prioridades do Ministério da Saúde, Padilha voltou a falar do monitoramento do quadro de sintomas como tosse, falta de ar e sensação de cansaço que podem vir a acometer os sobreviventes do incêndio na boate Kiss. E também a organização de uma força-tarefa para acompanhar familiares de pacientes que estão em Porto Alegre.