Operação Apóstolo da PF tenta combater tráfico de drogas no RS 

A Polícia Federal do Rio Grande do Sul, com o apoio da Brigada Militar, deflagrou na manhã desta quinta-feira a Operação Apóstolo, que tem como objetivo reprimir o tráfico de drogas na cidade de Rio Grande. Nas primeiras horas da manhã eram cumpridos seis mandados de prisão preventiva, um de prisão temporária e oito mandados de busca. 

A operação policial pretende desarticular quadrilha responsável por boa parte da distribuição de entorpecentes na região.

Durante as investigações, que se iniciaram em janeiro deste ano, foram apreendidos 500 g de crack e 700 g de maconha na cidade do Rio Grande, além de 3 kg de crack na ponte da Amizade, em Foz do Iguaçu, e que seriam distribuídos pela quadrilha na região de Rio Grande.

O nome da operação decorre do fato de um dos principais investigados já haver sido preso em 2007 por envolvimento em quadrilha liderada por criminoso conhecido como Messias. A ação policial é desenvolvida no âmbito da Operação Sentinela, a qual é uma intensificação do controle, fiscalização e inteligência policial na faixa de fronteira do Brasil com países vizinhos e tem por objetivo a prevenção e repressão de crimes transnacionais, como contrabando, descaminho, tráfico internacional de drogas, armas e munições.