Aníbal Diniz é deve ocupar lugar de Marta na 1ª vice-presidência do Senado 

Brasília - O senador Aníbal Diniz (PT-AC) será o substituto de Marta Suplicy (PT-SP) na 1ª vice-presidência do Senado. Marta já encaminhou ofício à Mesa Diretora pedindo o seu seu afastamento do cargo. Com isso, segundo o líder do PT, Walter Pinheiro (BA), é possível levar o nome de Diniz para votação em plenário ainda na sessão de hoje (12).

Marta comunicou oficialmente o seu afastamento durante sessão plenária e recebeu de colegas parlamentares uma série elogios em relação a sua atuação no Congresso. Marta Suplicy foi escolhida pela presidenta Dilma Rousseff para comandar o Ministério da Cultura no lugar de Ana de Hollanda.

Walter Pinheiro não vê problema no fato de Aníbal Diniz ser suplente do atual governador do Acre, Tião Viana, e ocupar um cargo na Mesa Diretora. “Toda a bancada aprovou integralmente o nome do Aníbal”, frisou o líder. Pinheiro disse, ainda, que a escolha partiu de uma ampla consulta à bancada.

Paranaense de nascimento, o senador chegou ao Acre com a família em 1977 quando foi encaminhado a um seminário. Na ocasião, era comum a migração de sulistas para o estado em busca de novas oportunidades na Região Norte.

Jornalista, o parlamentar foi assessor de imprensa da prefeitura de Rio Branco na gestão do hoje senador Jorge Viana (PT) entre 1993 a 1996. Ele permaneceu como secretário de Comunicação nos dois governos de Viana, entre 1999 e 2006.