MST volta a bloquear estrada e cobrar pedágio no RS

ntegrantes do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) voltaram a bloquear, na manhã deste domingo, os dois sentidos da BR-386, no km 139, em Sarandi, no norte do Rio Grande do Sul. Na tarde de ontem, a rodovia foi ocupada por cerca de duas horas. Nas ações, manifestantes cobravam R$ 1 de todos os motoristas como condição para liberar a passagem pelo local.

De acordo com o posto da Polícia Rodoviária Federal (PRF) na cidade, o protesto começou às 9h. Um desvio feito pela corporação, utilizando a RS-324, tornou a interdição do MST ineficaz. A rota alternativa aumentou o trajeto em 20 km. O trânsito no local foi liberado por volta das 11h.

Aproximadamente 50 pessoas participaram do bloqueio à estrada. Segundo a PRF, os trabalhadores alegam não ter recebido verbas para alimentação do grupo acampado às margens da rodovia, nem lonas para cobrir os barracos.