Diretores dizem que Enem perdeu função de avaliação

Diretores de escolas estão reclamando que não têm mais ferramentas para usar o resultado do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) como parâmetro para melhorar seus cursos. Depois que o exame foi transformado em vestibular, em 2009, o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep) abandonou os boletins nas instituições de ensino. 

As escolas não recebem mais relatórios que mostram o desempenho pelas competências avaliadas. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

De acordo com as escolas, o Enem perdeu a função de avaliação do último ciclo da educação básica. Antes, as instituições podiam receber um boletim que trazia o desempenho de cada estudante nas cinco competências da prova objetiva e nas variáveis que compõem a avaliação da redação. 

Agora, o Inep divulga apenas a média das escolas nas notas das provas objetivas e na redação. Além disso, o instituto publica os "microdados" do Enem, um conjunto de informações que possibilita diversos recortes, como analisar os acertos por questão dos candidatos. O Inep aponta que os dados auxiliam as instituições em seu processo de avaliação, mas, na prática, quase nenhuma escola consegue utilizá-lo.