Morre Regina de Simões de Mello Leitão, ex-presidente do Grupo A Tarde

Morreu na tarde desta quinta-feira (03/05), a ex-presidente do Grupo A Tarde e maior acionista do jornal A Tarde, Regina Simões de Mello Leitão. Ela tinha 99 anos e morreu em sua casa, na Urca, Zona Sul do Rio de Janeiro. O velório será realizado sexta-feira (04/05), às 10h da manhã, e o enterro será às 14h, no Cemitério São João Batista, em Botafogo. 

Há mais de 50 anos no comando do Grupo A Tarde, Regina Simões de Mello Leitão foi um dos principais personagens do processo de redemocratização do Brasil. Além de se opor ao Regime Militar, foi opositora de Antônio Carlos Magalhães quando ele ainda mantinha forte influência na Bahia. 

Acostumada ao papel de oposição, foi uma mulher de fibra e ferro que pavimentou a vitória de dois ex-governadores da Bahia: Waldir Pires (1987/1989) e Nilo Moraes Coelho (1989/1991). 

O poder sempre esteve presente na vida de Regina Simões de Mello Leitão. Filha do ministro da Educação de Getúlio Vargas, o baiano Ernest Simões Filho, era ela quem acompanhava o pai em todas as solenidades.