Após pancadas de chuva, São Paulo registra mais de 100 km de lentidão

O início da noite foi marcado por diversos pontos de lentidão nas principais vias em São Paulo. A cidade registrou fortes pancadas de chuva durante a tarde, o que provocou diversos pontos de alagamento. Mesmo com a diminuição da chuva em toda a cidade, a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), registrava 133 km de congestionamento por volta das 19h.

A via mais lenta, de acordo com a CET, era a pista expressa da marginal Tietê, sentido rodovia Ayrton Senna, entre a ponte Julio de Mesquita Neto até a ponte Imigrante Nordestino, somando 14 km de lentidão. No mesmo sentido, mas na pista local, os motoristas enfrentavam 9,8 km entre a ponte das Bandeiras e a ponte Imigrante Nordestino.

Na marginal Pinheiros, sentido Interlagos, os motoristas enfrentavam 8,8 km de lentidão na pista expressa, entre a ponte Cidade Universitária e a ponte João Dias.

No corredor Norte-Sul, de acordo com a CET, a lentidão de 7,2 km ia do viaduto Indianópolis até a praça da Bandeira. Na avenida dos Bandeirantes, sentido Imigrantes, a lentidão ia da marginal Pinheiros, até a praça da bandeira, somando 7,2 km.

Na Radial Leste, que apresentou pontos de alagamento durante a tarde, a lentidão de 4,2 km ia do viaduto Pires do Rio, até a estação Penha do Metrô, na pista sentido bairro.

De acordo com o Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE), às 19h a cidade ainda contabilizava um ponto de alagamento transitável, localizado na pista sentido Ayton Senna da Marginal Tietê, na altura da ponte Aricanduva, na zona leste da capital.