Mercadante vai alterar correção de redação do Enem, diz jornal

Dezoito dias a frente do Ministério da Educação, Aloizio Mercadante afirma que pretende alterar a metodologia de correção das redações do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), criando procedimentos mais rigorosos e que tem mais segurança na avaliação final. Porém, o ministro não garante a realização de duas provas em 2013. "Primeiro vamos resolver o banco de itens porque sem isso não temos as condições defrazer.com segurança dois exames ao ano". As informações são do jornal Folha de S. Paulo. Enquanto candidato ao governo de São Paulo na última eleição, Mercadante criticou o sistema de aprovação automática. No entanto, o MEC orienta os municípios a não repetirem os anos iniciais no ensino fundamental. O ministro não alterará essa política e diz que pretende apresentar um programa de alfabetização na idade certa, focado em alunos dos seis aos oito anos de idade. Em entrevista ao jornal, Mercadante prometeu colocar a educação como a política pública mais importante do Brasil.