Estudantes da USP agridem jornalistas durante ocupação

Após a decisão de permanecer com a ocupação do prédio da reitoria, alguns estudantes da Universidade de São Paulo (USP) agrediram profissionais da imprensa que fazem a cobertura do fato no final da noite desta segunda-feira. O conflito começou depois que um estudante jogou o microfone de uma repórter no chão por não gostar da abordagem da profissional durante uma gravação, de acordo com informações da rádio CBN.

O clima ficou tenso e houve confusão, mas a polícia não foi chamada para intervir. Um cinegrafista ficou levemente ferido após levar uma pedrada na cabeça. Outro cinegrafista teve a câmera danificada. 

O prazo para a desocupação estipulado pela Justiça já se esgotou e o emprego da força policial está autorizado desde as 23h. Até o momento, no entanto, não há previsão se a polícia irá cumprir a ordem judicial.