Minc diz que é mais fácil limpar a Guabanabara do que a política

Marcela Rocha, Portal Terra

SÃO PAULO - O ex-ministro do Meio Ambiente, Carlos Minc, afirmou nesta terça-feira durante debate com representantes dos candidatos à Presidência da República, em São Paulo, que é mais fácil limpar a Baía da Guanabara, no Rio de Janeiro, do que a prática política no País. A crítica foi feita quando Minc, que representava a pré-candidata petista Dilma Rousseff, foi indagado sobre a viabilização do projeto Ficha Limpa, que tramita no Câmara dos Deputados.

O debate teve como tema a participação da imprensa como indutora da sustentabilidade na pauta política e foi promovido pelo Instituto Ethos. Além do ministro Minc, o encontro reuniu ainda Francisco Graziano, o coordenador do programa de governo do pré-candidato, José Serra; o coordenador do programa de governo da ex-ministra, Marina Silva (PV), João Paulo Capobianco; e o candidato do Psol à Presidência, Plínio de Arruda Sampaio.