PSDB diz que processará PT por chamar Guerra de 'jagunço'

Portal Terra

DA REDAÇÃO - O secretário nacional do PSDB, deputado Rodrigo de Castro (MG), afirmou, em nota divulgada nesta quinta-feira, que o partido vai processar o atual e o presidente eleito do PT, Ricardo Berzoini e José Eduardo Dutra, por ter chamado o presidente do PSDB, senador Sérgio Guerra (PE), de "jagunço". A expressão foi utilizada em um comunicado do PT, que chama Serra, pré-candidato do PSDB à Presidência da República, de "hipócrita" por não entrar em bate-boca político e que o senador entraria no jogo no lugar dele.

Na avaliação de Castro, os petistas foram preconceituosos com o povo nordestino ao utilizar a expressão "jagunço" contra o senador, que é de Pernambuco. O deputado também afirma que os dirigentes do PT desconhecem o que é fazer política "com independência e integridade".

Leia a nota na íntegra:

Por calúnia e difamação, a Executiva Nacional do PSDB vai interpelar, na justiça comum, Ricardo Berzoini e José Eduardo Dutra.

A acusação dos petistas contra o Presidente do PSDB, senador Sérgio Guerra (PE), revela também, grave preconceito contra o povo nordestino. Ao promover o preconceito entre brasileiros, mostram que desconhecem o que é fazer política com independência, integridade e ter ética por convicção.

Defender a verdade, as ideias e os fatos de forma democrática, além de condenar o terrorismo político, é o que tem feito o presidente do PSDB. E o melhor, dentro da lei, do respeito ao dinheiro público e com o objetivo de esclarecer o povo brasileiro contra novas mentiras com objetivos meramente eleitoreiros.

Com tranqüilidade, equilíbrio, sem baixarias e preconceitos, o PSDB vai continuar mostrando à opinião pública brasileira o que é democracia, respeito às ideias e, principalmente, o que é verdade e o que é pura propaganda.

Deputado Rodrigo de Castro

Secretário Geral do PSDB

Brasília, 21 de janeiro de 2010