Médico é acusado de abuso sexual dentro da Santa Casa do Pará

JB Online

BELÉM - Um médico anestesista identificado como Mauro foi acusado de abusar sexualmente de uma jovem de 14 anos nas instalações da Santa Casa do Pará. A Justiça decretou a prisão preventiva do suspeito, que foi preso em flagrante.

O advogado de Mauro considerou um "abuso" a prisão de seu cliente.

No depoimento da adolescente, a vítima afirmou que o médico aproveitou o momento em que ela estava anestesiada e a molestou.