Falta de telhas após granizo preocupa Defesa Civil em SC

Fabrício Escadiuzzi, Portal Terra

FLORIANÓPOLIS - A falta de telhas na região de Curitibanos, a cerca de 230 km de Florianópolis, está preocupando as autoridades da Defesa Civil de Santa Catarina. A cidade foi atingida por uma forte tempestade de granizo na última quarta-feira e teve cerca de 1,5 mil residências destelhadas.

De acordo com o órgão, foram autorizadas a compra de 30 mil telhas para atender à população atingida. No entanto, o produto não vem sendo encontrado nas lojas especializadas no comércio de materiais de construção.

- Estamos enviando lonas para cobrir as casas porque o material está em falta em toda a região - afirmou o major Márcio Luiz Alves, diretor estadual da Defesa Civil. - E o problema é que continua a chover e precisamos de mais de duas mil telhas para atender a população.

Com a chuva de granizo que durou menos de 15 minutos na última quarta, 2,5 mil crianças estão sem aula por tempo indeterminado em cinco escolas. Uma delas está sendo utilizada como abrigo para 150 pessoas, segundo a Defesa Civil.

A previsão para este final de semana é de chuva intensa em todo o Estado de Santa Catarina, incluindo na região afetada pelas chuvas desta semana. De acordo com o Centro de Informações de Recursos Ambientais do Estado (Ciram), um centro de alta pressão que atua no oceano deixará o tempo instável nos próximos dias.

A Defesa Civil está em alerta para o risco de novos deslizamentos e emitiu um aviso nesta sexta solicitando que embarcações evitem sair para o mar. No litoral, o vento intenso ainda provoca ressacas e deixa o mar muito agitado.