Quatro passageiros com sintomas da gripe suína chegam ao Rio

JB Online

RIO - Dois aviões que chegaram ao Aeroporto Internacional Tom Jobim, vindos do Panamá e de Miami, na manhã desta terça-feira, transportaram passageiros com sintomas da gripe suína. Três pessoas que chegaram do Panamá, no voo 0873, com escala no México, apresentaram os sintomas. Apenas uma, Joyce Coelho, de 23 anos, utilizava máscara. Elas estão no posto médico da Infraero.

No voo vindo de Miami, que posou às 8h, uma passageira foi levada por funcionários da Anvisa para a Fundação Oswaldo Cruz.

Funcionários da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) distribuem panfletos informativos sobre a gripe suína na área de desembarque do Aeroporto Internacional Tom Jobim.

O surto da doença já pode ter matado 149 pessoas no México e vem causando preocupação em todo o mundo. As primeiras ocorrências da gripe suína foram registradas no México. No Brasil, há suspeitas em São Paulo, Bahia, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Amazonas, Rio Grande do Norte e Pará. A Infraero montou equipes com apoio da Anvisa em pelo menos 10 aeroportos em todo o país.

Na segunda-feira, a Organização Mundial de Saúde (OMS) elevou o nível de alerta da Emergência de Saúde Pública de Importância Internacional da atual fase três para a fase quatro, em uma escala que vai de zero a seis. A decisão foi baseada principalmente em dados epidemiológicos, evidenciando a transmissão pessoa a pessoa e a capacidade do vírus de causar surtos comunitários.

Com Portal Terra