Serraglio desafia PMDB e mantém candidatura à presidência da Câmara

Portal Terra

BRASÍLIA - Considerado por muitos como o candidato avulso do PMDB à presidência da Câmara dos Deputados, Osmar Serraglio (PR) desafiou nesta quarta-feira a cúpula do partido que apóia o candidato Michel Temer (SP) em mais uma carta que será distribuída a todos os deputados. No texto, Serraglio compara a sua candidatura com a do presidente eleito dos Estados Unidos, Barack Obama, já que o americano não contava com o apoio de seu partido, que tinha preferência declarada à senadora Hillary Clinton.

- Sei do empenho de alguns líderes. Mas lembro que se dependesse da cúpula, Obama não seria presidente - disse Serraglio no fim da carta.

Além disso, o candidato promete que, se for eleito, vai batalhar para que um número maior de deputados consiga se reeleger. - Em cada eleição, mais de 200 deputados não se reelegem. Vamos reduzir isso para menos de 100, como ocorre nos parlamentos do mundo - afirmou.

O parlamentar também defendeu o entendimento com o Executivo para uma redução no número de medidas provisórias e a participação de todos os deputados em temas como as reformas política e tributária.