Acidente com ônibus mata três em Santa Catarina

Portal Terra

FLORIANÓPOLIS - Três pessoas morreram no início da madrugada após um acidente envolvendo um carro de passeio e um ônibus do Rio Grande do Sul na BR-282, próximo à cidade de São Miguel do Oeste (SC), localizada a 615 km de Florianópolis.

O ônibus havia deixado a cidade gaúcha de Caxias do Sul e cumpria a linha que tinha como destino Medianeira, no Paraná, mas acabou colidindo violentamente contra um Opala, com placas de Maravilha (SC) na altura do km 642. Segundo as informações divulgadas pela Polícia Rodoviária Federal, o trecho é bastante perigoso e está localizado a pouco mais de 10 km do local onde 27 pessoas morreram em outubro do ano passado.

Os três ocupantes do Opala, o motorista Jesus da Silva e os passageiros Clairton Moraes e Orlindo Flor Alves da Silva morreram antes que as equipes de resgate pudessem retirá-los das ferragens. O motorista do ônibus, Ademir José Bayer, e os oito passageiros que estavam no interior do coletivo não se feriram.

Ao todo, seis pessoas morreram em acidentes ocorridos nas rodovias federais em Santa Catarina neste fim de semana. Duas delas foram atropeladas em pontos distintos da BR-101 na noite de sábado: um em São José, na região metropolitana, e outro em Barra Velha, no litoral norte.

Na noite de ontem, um acidente ocorrido em Monte Carlo, cidade localizada a cerca de 315 km ao oeste de Florianópolis, matou uma criança de nove anos e deixou outras dez pessoas feridas. Seis vítimas são crianças com idade entre 1 e 12 anos.

De acordo com as informações divulgadas pela Polícia Militar Rodoviária de Santa Catarina, o acidente ocorreu por volta das 23h30 e envolveu dois veículos lotados de passageiros. Um Gol, com placas de Videira (SC) e um Monza, de Fraiburgo (SC), colidiram frontalmente no km 16 da rodovia SC-456.

Um menino de 9 anos, que estava no carro e não teve a identidade revelada, morreu a caminho do hospital. Segundo a Polícia, as duas famílias envolvidas no acidente ainda não haviam sido comunicadas da morte do garoto na manhã deste domingo.

Ainda não foram divulgadas as causas do acidente. As vítimas foram transferidas para hospitais da região e sete delas, incluindo três crianças, permanecem em estado grave na manhã deste domingo. Arthur Leodoro Paulino, 12 anos, Adelar Ribeiro da Silva, 30 anos, Aline Shinoda, 23 anos, Silvana Ferreira, 24 anos, Maria José do Prado Leodoro, 47 anos, além de Lincoln Ribeiro da Silva e Michel Ferreira da Veiga, ambos com um ano de idade, estão internados numa instituição de Curitibanos.

O garoto Arthur e Adelar Ribeiro precisaram ser operados ainda durante a madrugada e permanecem na UTI. O hospital informou que o estado de sáude das vítimas é delicado, mas não fornece maiores detalhes.

Em outro hospital da região, as vítimas permanecem sob observação: Michele Ferreira da Veiga, 2 anos, Luiz Felipe Ferreira, 6 anos, e Márcio da Veiga, 27 anos, não correm risco de vida.

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Saiba mais