Ministro da Justiça condena ataque ao STF e cobra respeito às instituições

O ministro da Justiça e Segurança Pública, André Mendonça, condenou neste domingo (14) os ataques ao STF.

Segundo Mendonça, "a democracia pressupõe o respeito às suas instituições democráticas".

Macaque in the trees
Ministro Justiça André Mendonça (Foto: Valter Campanato/Arquivo/Agência Brasil)

A manifestação do ministro aconteceu um dia depois da agitação realizada no sábado (13), em Brasília, durante a qual fogos de artifício foram lançados em direção ao prédio do Supremo Tribunal Federal (STF).

Em uma nota divulgada à imprensa, Mendonça afirmou que o Brasil enfrenta "tempos difíceis" e também defendeu o respeito à vontade das urnas e ao voto popular.

"A democracia pressupõe, acima de tudo, que todo poder emana do povo. Por isso, todas as instituições devem respeitá-lo. Devemos respeitar a vontade das urnas e o voto popular. Devemos agir por este povo, compreendê-lo e ver sua crítica e manifestação com humildade. Na democracia, a voz popular é soberana", escreveu o ministro.

"Portanto, todos devemos fazer uma autocrítica. Não há espaço para vaidades. O momento é de união. O Brasil e seu povo devem estar em primeiro lugar", concluiu.(Com Sputnik Brasil)