Jornal do Brasil

País - Hoje na História

Jornal feito por jornalistas

Jornal do Brasil POR NORMA COURI, Do Grupo JB 500

Chile, 11 de setembro de 1973. Um sangrento golpe militar derruba o governo do presidente socialista Salvador Allende e impõe o terror. O Brasil já vivia uma ditadura militar, com rigorosa censura à imprensa. Os censores mandam, então, uma ordem a todas as redações: é proibido dar manchetes e fotos na primeira página sobre o golpe no Chile.

Quando a ordem chegou ao JORNAL DO BRASIL a notícia já estava diagramada como manchete. Mas o jornal, chefiado por Alberto Dines (1932-2018), cumpriu a determinação.

No dia seguinte, depois de muita correria e algumas taquicardias, o JB chegava às bancas com uma capa histórica. A notícia do golpe militar no Chile ocupava toda a primeira página, de alto a baixo, em corpo 24. Sem manchete, sem fotos, como a censura ordenou.

Além de Alberto Dines, essa capa -- a mais incrível das capas -- teve a participação de outros jornalistas, entre eles José Silveira, Carlos Lemos (1929-2015), Luis Mario Gazzaneo (1927-2012), e Sérgio Noronha (1932-2020).

Quando um jornal é feito por jornalistas, não por empresários, ele pode fazer história.

(Originalmente publicado no grupo JB 500)

.

Tem história sobre o JB para contar? Escreva para redacao@jb.com.br

Macaque in the trees
Capa da edição do JORNAL DO BRASIL de 12 de setembro de 1973 (Foto: Acervo JB)

BAIXE AQUI A CAPA NO TAMANHO ORIGINAL (só via computador)